Justiça Fail! 


Assistam o funcionamento da Justiça no Brasil: enquanto há um julgamento que contém farto material de provas, testemunhas cabais, declarações em abundância, os principais responsáveis mandantes diretos da carnificina nem sequer sentam no banco dos réus, noutro julgamento um dirigente partidário foi condenado à prisão em circunstância de não ter apresentado ''provas'' suficientes de sua inocência ao mesmo tempo também que não foram apresentados ''provas'' de sua culpa.



No Carandiru garantia de impunidade os graúdos chefões sejam os de farda ou de terno, pode se esperar apenas que os soldados de baixa patente sejam punidos, isso por que a condenação de um ex-governador é seu staff da área de segurança pública significaria a condenação da própria função desempenhada pelo aparato repressivo estatal é isso nunca será realizável pelo poder judiciário que por sua natureza também constitui parte dessa estrutura. No Mensalão prevalece uma bela pérola jurídica feita à medida para beneficiar os interesses da atual ala mandatária do Palácio do Planalto, longe de mover defesa José Dirceu e os demais petistas históricos, cuja trajetória envolve participações em negociações escusas com trustes multinacionais, sobre o disfarce de consultoria, para entregar a economia nacional aos ditames do capital financeiro, o midiático julgamento da Ação Penal 470 a qual foram sentenciados foi acondicionado com vista a eleição presidencial de 2014, eliminando um fragilizado Lula e seus companheiros de Articulação, abrindo caminho livre a renovação de mais um novo mandato para Dilma.



Kassan 22/04/2013 

Um comentário:

CRITICA DO DIREITO - Vinicius M. Pinheiro disse...

Companheiros, sempre acompanho suas postagens. Gostaria de ter mais contato com vocês, discutir concepções de partido, conjuntura nacional e internacional. Meu e-mail é criticadodireito@gmail.com